Introdução Preços Equipa Horário

FUE – CONVENCIONAL & ONE STEP & CABELO LONGO

“FUE” – Técnica inovadora para o tratamento da clavíce…

“ONE STEP” – Técnica inovadora que reduz o tempo de exteriorização das unidades foliculares.

“CABELO LONGO” – Técnica inovadora sem necessidade de rapar o cabelo.

A melhor solução para combater a calvície é definitivamente o transplante capilar, também chamado de microtransplante capilar, apesar de ser a solução mais cara.

O microtransplante é uma cirurgia onde são recolocados os foliculos transplantados do próprio paciente de uma área à outra. As regiões lateral e posterior do couro cabeludo têm uma origem embriológica diferente da região frontal, a qual possui receptores para a testosterona, ausentes nas regiões posterior e lateral.

Ao retirarmos os folículos capilares das regiões posterior e lateral, eles trazem consigo suas características embriológicas, não sofrendo ação hormonal, e justamente aqui reside o grande trunfo da cirurgia de calvície: transplantar cabelos que não serão rejeitados, não sofrerão ação hormonal e, por conseguinte nunca mais irão cair.

EVOLUÇÃO DO TRANSPLANTE CAPILAR

Há décadas atrás, o microtransplante era realizado a partir da remoção e recolocação de tufos de cabelo, englobando de 15 a 20 fios por tufo, e como esses tufos eram grandes, eles acabavam por ser implantados separados uns dos outros para assim cobrirem uma maior área, o que resultava no chamado “cabelo de boneca”, conferindo uma aspecto totalmente artificial ao couro cabeludo.

Mais tarde surgiu, uma cirurgia é totalmente diferente, que consistia na remoção de uma faixa de couro cabeludo, através de um corte, seguido de separação das unidades foliculares, e depois o transplante foliculo a foliculo para a parte frontal do couro cabeludo.

FUE: O QUE É?

A técnica Follicular Unit Extraction (FUE), ou em português chamada de Extração da Unidade Capilar (EUC), diferentemente da tradicional microtransplante capilar, não necessita de cortes, e ao invés de se fazer a incisão do couro cabeludo para se retirar um faixa e depois separar os folículos pilosos de acordo com a quantidade de cabelos, o cirurgião retira os foliculos um a um do couro cabeludo.

Hoje em dia o transplante capilar é quase que uma especialidade à parte na medicina, de forma que normalmente os melhores profissionais só realizam esse tipo de cirurgia, não dedicando-se a investigação de outras doenças da pele ou outros tipos de tratamentos cirúrgicos. Na Europa e nos Estados Unidos, existe, por exemplo, o cirurgião de transplante capilar, e hoje os melhores resultados são atingidos pelos médicos que se dedicam na totalidade ou na maior tempo do seu tempo apenas a esse tipo de cirurgia.

FUE: VANTAGENS E DESVANTAGENS  

A maior vantagem da FUE é não produzir cicatrizes visíveis, apenas minúsculas marcas  puntiformes, praticamente imperceptíveis a olho nú.

Nesta técnica existe a necessidade de se rapar a cabeça do paciente, pois se o cabelo estiver comprido não há como fazer o uso correto da instrumentação necessária, visto que o equipamento possui uma extremidade com dimensões inferiores a 1 mm, além de que o processo é extremamente trabalhoso.

 100

FUE: PROCEDIMENTO

Pelas técnicas atuais, tanto o microtransplante clássico quanto a FUE, o que vai ser implantado é uma unidade folicular com grupos de 1 a 4 fios bem próximos uns dos outros. Se o cabelo for implantado da maneira adequada através dessas técnicas, e seguindo a aparência natural, ou seja, mantendo a topologia natural do cabelo para homens e mulheres.

FUE : FUNCIONA?

O nível de eficiência da FUE é tão grande, e por conta de não deixar cicatrizes, nem mesmo os cabeleireiros mais experientes conseguem distinguir se o individuo tem cabelo implantado ou natural. A imagem abaixo mostra o couro cabeludo de um paciente 10 dias depois da aplicação da técnica de FUE, repare como as cicatrizes não são notadas.

” Com um sorriso nos lábios… preferimos dizer o DEPOIS e o ANTES”

1 João Matos

 

 

FUE: QUEM PODE FAZER?

Como essa técnica é muito trabalhosa, e é normalmente indicada para casos de calvícies menores, já que é feita foliculo a foliculo e não por meio do corte de regiões mais extensas, mas eventualmente também pode ser utilizada para calvícies extensas, porém, nesses casos, o indivíduo deverá realizar várias sessões.

As contraindicações ocorrem geralmente para pacientes que estejam no mais elevado grau de calvície e que não disponham áreas para regiões doadoras, e também existem algumas contraindicações clínicas, como pacientes que tiveram enfartos recentes, arritmia cardíaca grave, entre outras complicações.

Existem diferentes graus de calvície,  do grau 1 a 7, neste último verifica-se apenas uma pequena extensão de cabelo na parte traseira do couro cabeludo, para estes casos as cirurgias de transplante são pouco efetivas ou nem mesmo podem ser aplicadas. Porém, mesmo para os casos de graus elevados de calvície, existem outras partes do corpo que podem servir como áreas dadoras para a técnica FUE, que nesse caso passa a se chamar Body Hair Transplant (BHT), ou transplante de pelos do corpo, e pode ser utilizada, por exemplo, foliculosda barba, do tórax, das costas, entre outras regiões. Embora os resultados não sejam tão satisfatórios quanto o verificado em transplantes com do couro cabeludo.

FUE: QUANTAS CIRURGIAS SÃO NECESSÁRIAS? 

Uma calvície grau 6 normalmente exige pelo menos 2 cirurgias.

Outro fator muito importante para a quantidade do número de cirurgias a ser realizada é a densidade do volume capilar por centímetro quadrado, ou seja, o número de fios que existe nessa metragem específica, de forma que um paciente que tenha, por exemplo, 100 fios por cm², obviamente terá um couro cabeludo que favoreça mais à cirurgia do que um paciente que tenha 50 fios por cm². Assim, o mais importante na cobertura de grandes calvícies é a área doadora do paciente.

RISCOS

A FUE é uma cirurgia extremamente segura, feita em bloco operatório, com anestesia local e l sedativos, em alguns casos, até mesmo dispensa-se o uso desses sedativos leves, porém, como em toda cirurgia uma avaliação prévia e realização de alguns exames.

PREÇO: 2000-6500 euros

Tratamentos
  • Pequena Correcao 2000 euros
  • Ate 1750 foliculos 4500 euros
  • Ate 3500 foliculos 6500 euros

Meet 1 doctors in Clidomus

DomingoSegunda-feiraTerça-feiraQuarta-feiraQuinta-feiraSexta-feiraSábado
09:00 - 10:00
10:00 - 11:00
11:00 - 12:00
12:00 - 13:00
13:00 - 14:00
14:00 - 15:00
15:00 - 16:00
16:00 - 17:00
17:00 - 18:00
18:00 - 19:00
19:00 - 20:00

Segunda-feira

Terça-feira

Quinta-feira

Sexta-feira

Sábado

DomingoSegunda-feiraTerça-feiraQuarta-feiraQuinta-feiraSexta-feiraSábado
09:00 - 10:00
10:00 - 11:00
11:00 - 12:00
12:00 - 13:00
13:00 - 14:00
14:00 - 15:00
15:00 - 16:00
16:00 - 17:00
17:00 - 18:00
18:00 - 19:00
19:00 - 20:00

Segunda-feira

Terça-feira

Quinta-feira

Sexta-feira

Sábado